top of page
  • Marcelo Salles Pereira

A Sentença do Rei E A Misericórdia De Deus

Vejamos um trágico episódio da vida do rei Davi e um pouco sobre as consequências dele.

 



 

Sumário

Texto de Referência

A Sentença do Rei

A Misericórdia de Deus

 

 

Texto De Referência

 

2 Samuel 12:5-6

Então, Davi encheu-se de ira contra o homem e disse a Natã: "Juro pelo nome do Senhor que o homem que fez isso merece a morte!

Deverá pagar quatro vezes o preço da cordeira, porquanto agiu sem misericórdia".

2 Samuel 12:13

Então Davi disse a Natã: "Pequei contra o Senhor! " E Natã respondeu: "O Senhor perdoou o seu pecado. Você não morrerá”.

 

 

A Sentença do Rei

 

Esses versículos estão no contexto do pecado de Davi com Bate Seba e o assassinato de Urias, marido de Bate Seba.

Como o rei Davi não tinha reconhecido seus pecados, Deus precisou enviar o profeta Natã para abrir os olhos do rei.

Interessante que o profeta não joga na cara do rei seus pecados, mas o faz pensar em uma situação hipotética na qual o rei precisa dar uma sentença.

Ao final da situação apresentada pelo profeta o rei Davi dá sua sentença:

 

“Então, Davi encheu-se de ira contra o homem e disse a Natã: "Juro pelo nome do Senhor que o homem que fez isso merece a morte!

Deverá pagar quatro vezes o preço da cordeira, porquanto agiu sem misericórdia".”

2 Samuel 12:5-6

 

O homem que fiz isso merece a morte. O rei Davi estava indignado com a situação. Ele não podia acreditar que no que aquele homem fez. Alguém tão mal não deveria mais viver. Ele precisava pagar por seus pecados!

Logo após sua sentença para uma situação hipotética, o profeta Natã diz ao rei Davi:

 

Então Natã disse a Davi: "Você é esse homem! Assim diz o Senhor, o Deus de Israel: ‘Eu o ungi rei de Israel, e livrei-o das mãos de Saul.

2 Samuel 12:7

 

Como podemos dizer isso: Isso foi um tapa na cara do rei Davi.

Uma pausa aqui para falar de verdadeiros profetas. Eles não têm medo das autoridades. Eles falam aquilo que o Senhor os manda falar, nem mais nem menos.

Neste momento o rei Davi reconhece seus pecados:

 

Então Davi disse a Natã: "Pequei contra o Senhor! "

2 Samuel 12:13

 

Quantas vezes precisamos de pessoas verdadeiras ao nosso lado para nos mostrar nossos erros e pecados? Será que todos podemos dizer que temos pessoas assim para nos ajudar na caminhada? Muitas vezes estamos tão acostumados com o erro que nem o reconhecemos mais como um erro. Se alguém “de fora” não nos abordar e nos confrontar continuaremos no erro e a pessoa que está vendo isso também será culpada, pois não nos avisou. Isso é uma “via de mão dupla”. Também precisamos confrontar aqueles que estão no erro no intuito de ajudá-los, não de julgá-los e muito menos condená-los.

O rei Davi expressou de forma perfeita sua experiência com Deus quando disse:

 

“1 Como é feliz aquele que tem suas transgressões perdoadas e seus pecados apagados!

2 Como é feliz aquele a quem o Senhor não atribui culpa e em quem não há hipocrisia!

3 Enquanto escondi os meus pecados, o meu corpo definhava de tanto gemer.”

Salmos 32:1-3

 

 

A Misericórdia De Deus

 

O pecado, no caso do rei Davi o desejo por uma bela mulher, nos leva cada vez mais para dentro dele. Todos os que conhecem ou um dia conheceram a Deus sabe que Ele é onisciente, ou seja, ele sabe todas as coisas. Ele sabe cada pensamento que temos e cada palavra antes mesmo que essa chegue aos nossos lábios, mas mesmo assim não conseguimos resistir a todo e qualquer desejo que nos é apresentado.

É aí que entra a misericórdia de Deus sem a qual seríamos consumidos (Lamentações 3:22 | ACF). A misericórdia de Deus é para todos os seres humanos, caso contrário ninguém estaria vivo.

Deus teve misericórdia do rei e perdoou seus pecados, porém as consequências de seus pecados não foram retiradas (2 Samuel 12:10,11).

O pecado é de tal modo terrível que mesmo perdoados suas consequências não são retiradas a não ser pela graça de Deus. Somente o amor gracioso de Deus pelos seus é que nos faz ter a esperança de não sofrermos tudo aquilo que merecemos sofrer.

Pensemos nisso quando um novo desejo se apresentar a nossa frente e nos lembremos do aviso do Senhor a Caim antes que esse tirasse a vida de seu irmão Abel:

 

“Se bem fizeres, não é certo que serás aceito? E se não fizeres bem, o pecado jaz à porta, e sobre ti será o seu desejo, mas sobre ele deves dominar.”

Gênesis 4:7 | ACF

 

Dominar o desejo não é fácil e cada um de nós precisamos descobrir como fazer isso, pois cada um de nós é diferente do outro, mas se Deus nos deixou esse aviso é porque podemos ter esse domínio.

 

Que o Senhor te abençoe e te guarde!



 

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page