top of page
  • Marcelo Salles Pereira

Cristianismo pelo Mundo - 27/12/23




Este é um novo tipo de post. Nele vamos escrever sobre algumas notícias do cristianismo pelo mundo. Esperamos que você goste e que as notícias te ajudem a conhecer várias questões que envolvem nossa vida cristã.


 

Fundador da Casa Internacional de Oração em Kansas City é acusado de abuso sexual


Inicialmente, vamos entender o que é a Casa Internacional de Oração.


Segundo o próprio site, na seção “About Us”:


“Em 7 de maio de 1999, a Casa Internacional de Oração de Kansas City (IHOPKC) foi fundada por Mike Bickle e vinte “missionários intercessores” de tempo integral, que clamavam a Deus em oração com adoração durante treze horas todos os dias. Quatro meses depois, em 19 de setembro de 1999, a oração e a adoração se estenderam ao horário completo de 24 horas por dia, 7 dias por semana.


A Casa Internacional de Oração é uma organização missionária evangélica que está comprometida em orar pela liberação da plenitude do poder e do propósito de Deus, à medida que ganhamos ativamente os perdidos, curamos os enfermos, alimentamos os pobres, fazemos discípulos e impactamos todas as esferas da vida. sociedade - família, educação, governo, economia, artes, mídia, religião etc. Nossa visão é trabalhar em relacionamento com o Corpo mais amplo de Cristo para nos envolvermos na Grande Comissão, enquanto procuramos cumprir os dois grandes mandamentos do amor Deus e as pessoas.”


Nota-se que é uma organização que existe há muitos anos. O trabalho deles já ajudou muitas pessoas pelo mundo. A ideia de ter uma casa de oração 24 horas, 7 dias por semana é linda.


Quando um dos fundadores dessa organização, Mike Bickle, é acusado de abuso sexual precisamos tomar cuidado para não sair julgando ou dizendo que ele é culpado de tudo.


Ele mesmo admitiu em 12 de dezembro que “se envolveu em comportamento impróprio e pecaminoso há mais de 20 anos. Embora reconhecesse que suas “falhas morais eram reais”, ele não admitiu “as atividades sexuais mais intensas que alguns estão sugerindo”.


Então, existe um problema que o próprio Bickle admite, porém é necessário deixar que as investigações prossigam antes dele ser condenado.


Não devemos aliviar para ninguém, seja da igreja ou de fora dela, mas todos merecem serem julgados adequadamente.


Mike Bickle se afastou da organização logo após as primeiras acusações. Dessa forma, se alguém está desiludido com ele, em minha opinião, não deveria ficar com a organização e com o trabalho de oração que eles fazem.


Além disso, a organização cortou definitivamente qualquer relação com Mike Bickle.


Leia a notícia completa aqui (se não conhece a língua inglesa basta clicar no site e depois em “Traduzir para o português”):

 

Site Oficial da Casa Internacional de Oração:

 


 

China tenta sufocar o cristianismo com repressão ao sistema educacional


Ah, a China. Por isso que os comunistas brasileiros a amam tanto. É o paraíso para eles, pois lá não há liberdade religiosa.


Como eles gostariam de reprimir a religião aqui da mesma forma que é reprimida lá.


O presidente chinês mudou muitas coisas nos últimos anos, como proibir que professores falem de sua fé para os alunos; os alunos de universidade também não podem falar com seus colegas, não pode mais haver escola dominical para as crianças, entre outras medidas.


A ideia do governo chinês é que as crianças sejam doutrinadas para seguir o que dita o Partido Comunista Chinês (PCC). Eles estão usando o que estão chamando de Política do faraó, na qual o governo chinês elimina qualquer oportunidade de jovens aprenderem a respeito de Deus.


Eles querem que a única religião seja o partido comunista e nada nem ninguém pode ir contra isso sob pena de prisão ou de sumiço.


Ainda bem que existem pessoas corajosas que criam comunidades em casas para de alguma forma ensinar a palavra de Deus, às escondidas é claro.


Para tentar contornar todo o controle do governo, os cristãos chineses têm criado escolas em casas, porém o governo ao ver esse aumento criou uma multa altíssima para quem tiver essas escolas.


Os pais cristãos com algum dinheiro têm enviado seus filhos para estudarem fora do país. Infelizmente, essa estratégia só serve para os pais que podem.


Se você quer saber dessas notícias você terá que ler sites cristãos de notícias. Se você acredita nos grandes veículos de informação do Brasil, você está sendo doutrinado da mesma forma que os chineses.


Busque informações fora desses grandes veículos e você conhecerá o mundo real.


Leia a notícia completa aqui (se não conhece a língua inglesa basta clicar no site e depois em “Traduzir para o português”):



 

Ex-muçulmana que se tornou ateia abraça o cristianismo


Ayaan Hirsi Ali, que nasceu no Quênia e foi criada sob o islamismo teve duas mudanças radicais em sua vida.


A primeira foi quando ela percebeu o ódio que o islamismo estava pregando pelo mundo, principalmente contra os judeus.


A mudança ocorreu quando ela leu um texto de Bertrand Russel (um intelectual que era ateu) intitulado “Porque não sou cristão”. A lógica de Russell a impactou e ela se tornou ateia.


Porém, com o passar do tempo ela percebeu que o ateísmo “não conseguiu responder a uma pergunta simples: qual é o significado e o propósito da vida?”


Ela se voltou para o cristianismo porque descobriu que a vida sem qualquer consolo espiritual é insuportável. E creio que ela está correta.


Ayaan é uma pesquisadora da Universidade de Stanford e escreveu um texto que é exatamente o contrário daquele de Bertrand Russell.


Ela está preocupada com a guerra civilizacional travada hoje em dia, na qual estão nos impondo as ideologias de uma minoria ou a ideologia que diz que nosso planeta está condenado.


Por fim, ela diz que “não há necessidade de procurar respostas em alguma mistura da nova era, pois “o Cristianismo tem tudo”.


Leia a notícia completa aqui (se não conhece a língua inglesa basta clicar no site e depois em “Traduzir para o português”):




 

Dicas de Leitura


O Chamado ao Evangelho e a verdadeira conversão

por Paul Washer




Ser Cristão não é meramente uma questão de se tomar uma decisão por Jesus ou virar a página da vida.É um milagre da graça no qual um pecador é trazido da morte para a vida pelo poder de Deus.


Neste livro desafiador, Paul Washer ajuda o leitor, de modo claro e persuasivo, a entender essa verdade, fazendo uso cuidadoso das Escrituras e explicando como o poder do evangelho deve causar grande impacto na vida do cristão.








Se puder e quiser nos apoiar, por favor, compre pela imagem abaixo:





 

Sofrimento, o preço da missão

por Arival Casimiro e Hernandes Dias Lopes




A MISSÃO DA IGREJA NÃO É REALIZADA NUMA COLÔNIA DE FÉRIAS NEM NUM PARQUE DE DIVERSÕES. A SEMEADURA É FEITA COM LÁGRIMAS NUM MUNDO HOSTIL.O sofrimento não é uma mera possibilidade para aqueles que colocam as mãos no arado, mas uma realidade inevitável. O sofrimento, entretanto, não enfraquece nem desencoraja aqueles que fazem a obra. Ao contrário, o sofrimento tonifi ca as fibras da alma daqueles que estão engajados na obra. Os profetas, os apóstolos e os cristãos de todos os tempos e em todos os lugares enfrentaram o sofrimento. Nossa certeza, porém, é que os sofrimentos do tempo presente não podem ser comparados com a glória a ser revelada em nós!O nosso sofrimento por causa do evangelho não deve nos levar ao desânimo, mas a uma inten sa e gloriosa alegria!



Se puder e quiser nos apoiar, por favor, compre pela imagem abaixo:





 

Desmascarando o abuso: Um guia Bíblico para ajudar as vítimas

por Darby A. Strickland



UMA EM CADA QUATRO MULHERES JÁ SOFREU VIOLÊNCIA DOMÉSTICA AO LONGO DA VIDA. Embora seja difícil acreditar, esse número alarmante publicado por um estudo na revista The Lancet, em 2022, expõe a gravidade do pecado que existe inclusive dentro de nossas igrejas. Mas como lidar com um assunto tão delicado e, ao mesmo tempo, chocante? Assim como Jesus fez quando andou entre nós, precisamos oferecer ajuda e esperança às vítimas do abuso. Deus chama sua igreja não apenas a enfrentar a opressão, mas também a fornecer proteção e cuidado aos vulneráveis.Este rico material irá orientar conselheiros, pastores ou qualquer pessoa que queira oferecer ajuda às mulheres vítimas de abuso doméstico. Você aprenderá a identificar o consentimento tóxico que impulsiona o comportamento abusivo e a entender melhor seu impacto nas vítimas, além de ser equipado para fornecer conselhos sábios e centrados em Cristo, e a capacitar e defender as vítimas enquanto navega pela complexa dinâmica da opressão em um casamento.• PERGUNTAS PARA REFLEXÃO, ao longo dos capítulos, orientam os leitores à medida que processam o material.• PERGUNTAS DE INVENTÁRIO DETALHADAS permitem que os leitores rastreiem diferentes tipos de abuso – físico, sexual, emocional, espiritual e financeiro.• ESTUDOS DE CASO e EXERCÍCIOS, incluindo um plano de ação de segurança, podem ser usados para treinar os ajudadores e assistir as vítimas



Se puder e quiser nos apoiar, por favor, compre pela imagem abaixo:





 

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page